Conversas empáticas

Empreendendo juntos

É no coletivo que a multiplicidade de culturas e vivências se expressa. Reconhecer-se como parte de um grupo social e ter a clareza de que se é parte dos problemas e, consequentemente, da solução de questões presentes na sociedade é uma habilidade constituinte da empatia. Nesta conversa, reunimos pessoas comprometidas com os grupos e questões nas quais estão envolvidos e que têm a clareza de que com sua atuação e liderança têm o potencial de promoverem mudanças para a construção de uma sociedade justa e sustentável.  

Participantes:

 

Alcielle dos Santos

consultora educacional da Cooperativa de Professores Cipó Educação

Almir José Silva

filósofo e educador da Cooperativa de Professores Cipó Educação

Henrique Ferreira

líder juvenil socioambientalista, morador da reserva extrativista Tapajós/Arapiuns

 

Mediação: Tatiane Nakasone

 
mulheres.jpg

PRATIQUE EMPATIA

Por lentes novas (e nossas) é um singelo manual com reflexões e práticas que buscam desenvolver um olhar mais amoroso e acolhedor em relação a nós mesmos, considerando nossos corpos e histórias. Acreditamos que para desenvolver a habilidade da empatia em sua potência de transformação social, é preciso estarmos conectados conosco para oferecer uma abertura mais verdadeira ao outro.

Por lentes novas
(e nossas)

Néliane Catarina Simioni

Comunicadora, criadora do projeto ‘isso não é sobre corpo’, (@naoehsobrecorpo e podcast de mesmo nome), por meio do qual propõe reflexões sobre corporalidades, subjetividades, tecnologias e discursos.

MOVIMENTOS
Não esquecer dos gestos de acolhimento
capa gestos.jpeg

Não esquecer dos gestos de acolhimento, quando a tela vira extensão do corpo. Como anticorpos possíveis das experiências sensíveis. Imaginação sensorial que protege os seres.

 

Concepção: Laboratório de Manuseio Coreográfico

Direção geral e de movimento: Camila Venturelli

Ouça preferencialmente com fone de ouvido

 

Laboratório de Manuseio Coreográfico:
Plataforma de pesquisa e criação em dança  de natureza colaborativa, conduzida por Camila Venturelli,  tem como foco explorar as relações entre gesto, percepção, memória individual e coletiva, cotidiano e coreografia.


@manuseio.coreografico

Este vídeo foi exibido entre 24 de novembro e 28 de dezembro de 2021

 
 
 

inspirações

“A empatia é em certo sentido a própria razão de ser da literatura. Que o leitor se sinta tocado pela história de um personagem é o que rege a experiência do leitor.”

Rita Palmeira, crítica literária e editora

 

Este é o mote para a criação desta mini temporada do podcast Leituras de Cabeceira, que inclui também indicações de ensaios e estudos sobre questões urgentes de nossa sociedade

Leituras de Cabeceira logo transparente (2).png

Na conversa de hoje, convidamos a crítica literária Rita Palmeira, da livraria Megafauna, uma livraria localizada no centro de São Paulo, no icônico Edifício Copan, e cuja curadoria aposta na bibliodiversidade para garantir espaço em suas estantes para autores LGBTQIA+, negros e mulheres.

Coletâneas

A empatia nos permite furar a nossa bolha para nos relacionarmos com histórias de vida e nos engajarmos em causas sociais. As micro-curadorias a seguir são convites empáticos para conhecer diversas realidades, individualidades, modos de vida e percepções de mundo.

PARA ASSISTIR
sugestões de filmes sobre a busca de um lugar para si
escafandro e a borboleta - filme.jpg

O Escafandro e a Borboleta

 Julian Schnabel, 2007

Jean-Dominique Bauby tem 43 anos, é editor de uma revista de moda e um apaixonado pela vida. Mas, subitamente, tem um derrame cerebral. Sua vida e suas relações mudam, revelando um lado íntimo que se mostra por meio de diálogos consigo.

Para Escutar
Podcasts sobre corpos e suas experiências

Isso não é sobre corpo

Reflexões sobre corpos, subjetividades, discursos e tecnologias a partir da perspectiva de mulheres gordas.

Degenerados

Podcast sobre gênero e transexualidade, que promove reflexões a partir de áudios de ouvintes sobre vivências de pessoas que são trans ou que se relacionam com pessoas trans prezando sempre pelo respeito, pela liberdade de expressão e pela pluralidade de pontos de vista.

PARA VER: ExposiçÕes Virtuais
Afrotonizar
Afrotonizar - catálago virtual.jpg

crédito da imagem: Afrotonizar

Afrotonizar é experimento de um conceito em ação, que busca proporcionar conexões entre a poética e a imaginação  radical, sintonizando  pessoas com sua capacidade criativa e intuitiva através da experimentação e criação de narrativas de mundos pensados outramente, em uma perspectiva onde a colonialidade não possa capturar.

Para Refletir
De quê mesmo estamos falando quando falamos de empatia?

Aprofunde-se no tema através das gravações do seminário Desafios contemporâneos: o potencial da empatia, organizado pelo Intermuseus em 2017, que convidou formuladores de políticas públicas, empreendedores, grupos independentes, integrantes de movimentos sociais, profissionais do campo de educação, cultura e museus, pesquisadores e intelectuais para discutirem o tema.

Desafios contemporâneos: o potencial da empatia

Desafios contemporâneos: o potencial da empatia

Desafios contemporâneos: o potencial da empatia
Desafios contemporâneos: o potencial da empatia - teaser

Desafios contemporâneos: o potencial da empatia - teaser

04:43
Reproduzir vídeo
Cultura política e democracia - Renato Janine Ribeiro

Cultura política e democracia - Renato Janine Ribeiro

42:03
Reproduzir vídeo
Empatia, conflitos e mobilização social - Bernardo Toro

Empatia, conflitos e mobilização social - Bernardo Toro

01:11:00
Reproduzir vídeo
A empatia no enfrentamento de conflitos - ​Christian Dunker, Flavio Bassi, Marilia Bonas

A empatia no enfrentamento de conflitos - ​Christian Dunker, Flavio Bassi, Marilia Bonas

01:31:42
Reproduzir vídeo